PRESTATIVO E MANIPULADOR

Resumo do Perfil

  • Motivador: Ser querido pelas pessoas
  • Ideia Sagrada: Realizar as suas vontades
  • Fixação: Os outros
  • Quando neuróticos...: Acabam se auto enganando e usando as pessoas para confirmar a imagem que tem de si mesmos
  • Frase: "Eu posso, eu sei, eu faço""

Dentro de empresas

Pode tanto engrandecer empresas com sua generosidade em ajudar quem precisa e transformar as pessoas com seu poder de cura, como também consegue cair em uma rotina de adulação e possessividade.

Seus potenciais acabam sendo mais bem utilizados em áreas de contato com pessoas. Vendas, RH, secretariado e áreas assistenciais são comuns. Seu alto nível de empolgação e envolvimento com pessoas cria movimento onde havia marasmo, desperta nas pessoas a vontade de se envolver. Mas em sua compulsão, tornam-se manipuladores agressivos, que cobram cada movimento que tenham feito em direção ao outro, podendo mover as pessoas umas contra as outras.

 

Animal Espiritual:
GATO

Este felino acaba sendo um ótimo espelho do perfil 2, alguém impossível de amestrar. Ele representa claramente esta dualidade entre a proximidade e a distância, ao mesmo tempo carinhoso e interesseiro.

Crescimento (linha branca), Stress (linha preta) e Vícios

Quando em crescimento, o 2 caminha para o 4: o que ela tinha de orgulhosa e auto-enganadora se desfaz em uma pessoa mais auto-estimulante e emocionalmente consciente.

Ao caminhar para desintegração, ou stress, o 2 se torna um 8: todo o perfil carente do 2 se transforma em agressão e dominação.

Reforçando seu lado da "vontade", os vícios do 2 são: Abuso de alimentos e medicamentos sem receita médica. Compulsão alimentar, especialmente em doces e carboidratos - tentando suprir uma carência afetiva, que em casos extremos acaba em bulimia. Hipocondria também pode aparecer como um jeito de procurar simpatia.

CENTRO DE PENSAMENTO:
emocional (coração)

Os perfis 2, 3 e 4 têm seu centro de pensamento no coração. Estes tendem a entender o mundo através de uma inteligência emocional - sempre se sintonizado com a disposição e o estado de espírito dos outros para conservar o sua ligação a eles.

coracao.png

Mais do que os outros tipos, dependem da aprovação e do reconhecimento dos outros para estimular a sua auto-estima e o seu desejo de amor e conexão. Sentem mais necessidade de amor, conexão, afeição, laços, imagem e aprovação. Quando estas coisas são ameaçadas, manifestam angústia, pânico e tristeza.

 

9 Níveis de Desenvolvimento: saudáveis, normais e neuróticos

Existe uma estrutura interna dentro de cada personalidade. Ou seja, cada pessoa adota um tipo de personalidade (de 1 a 9) e acaba navegando dentro destes níveis (1 até 9 também) que influenciam comportamentos, atitudes, defesas e motivações de cada personalidade.

Níveis saudáveis

  • 1.1 - Liberação: Sua última versão é profundamente altruísta e humilde: dando amor incondicional a si mesmo e aos outros. Sente que é um privilégio estar na vida dos outros.
  • 1.2 - Capacidade Psicológica: Alguém que realmente utiliza sua empatia, sente com os outros e para os outros, mas sem deixar de cuidar e se preocupar com as suas necessidades. Pensativo, caloroso, indulgente e sincero.
  • 1.3 - Valor Social: Encorajador e apreciativo, capaz de ver o bem nos outros. Servir ainda é importante, mas cuidar do eu também: eles são acolhedores, generosos e altruístas - pessoas verdadeiramente amorosas.

níveis médios

  • 1.4 - Papel Social: Quer estar mais perto dos outros, então começa a "agradar as pessoas", tornando-se excessivamente amigável, emocionalmente demonstrativo e cheio de "boas intenções" sobre tudo. Um ar constante de atração: aprovação, sedução, lisonja. O amor é seu valor supremo, e eles falam sobre isso constantemente.
  • 1.5 - Controle Interpessoal: Tornam-se excessivamente íntimos e intrusivos: eles precisam ser necessários, então eles pairam sobre todos, se intrometem e controlam tudo em nome do amor. Quer que os outros dependam deles: dão, mas sempre esperam um retorno. Envolventes e possessivos: co-dependentes, auto-sacrificadas que não podem fazer o suficiente para os outros - desgastando-se para todos, criando necessidades - que não existiam - e se forçando para cumprir.
  • 1.6 - Compensação Exagerada: Cada vez mais auto-importantes e auto-satisfeitos, sentem que são indispensáveis, embora eles abusem de seus esforços em nome dos outros. Hipocondríacos, tornam-se "mártires" para os outros. Arrogantes, paternalistas, presunçosos.

níveis NEURÓTICOS

  • 1.7 - Violação: Podem ser manipuladores e egoístas, instilando culpa, dizendo aos outros o quanto eles devem e os fazendo sofrer. Abuso de alimentos e medicamentos para "preencher sentimentos" e obter simpatia. Minam as pessoas, menosprezam, e fazem comentários depreciativos. Não conseguem observar como seu comportamento é.
  • 1.8 - Obsessão: Dominadores e coercitivos: sentem-se no direito de obter qualquer coisa que querem dos outros: o reembolso de dívidas antigas, dinheiro, (e inclusive) favores sexuais.
  • 1.9 - Destruição Patológica: São capaz de desculpar e racionalizar tudo que fazem, afinal se sentem abusados vitimados por outros - constantemente ressentidos e irritados. Somatização de suas agressões resulta em problemas de saúde crônica já que se percebem "desmoronando" e sobrecarregando outros. Geralmente correspondem ao Transtorno de Personalidade Histriônica.
Esta descoberta (e a elaboração de todos os traços que compõem cada tipo) foi originalmente feita por Don Riso em 1977, e foi desenvolvido por Don com Russ Hudson na década de 1990. Fonte: Enneagram Institute
 

LINKS INTERESSANTES